Nenhum comentátrio

Digo a verdade em Cristo

Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência: tenho grande tristeza e incessante dor no coração; porque eu mesmo desejaria ser anátema(1), separado de Cristo, por amor de meus irmãos, meus compatriotas, segundo a carne. São israelitas. Pertence-lhes a adoção e também a glória, as alianças, a legislação, o culto e as promessas; deles são os patriarcas, e também deles descende o Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito para todo o sempre. Amém! E não pensemos que a palavra de Deus haja falhado, porque nem todos os de Israel são, de fato, israelitas; nem por serem descendentes de Abraão são todos seus filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência. Isto é, estes filhos de Deus não são propriamente os da carne, mas devem ser considerados como descendência os filhos da promessa. Porque a palavra da promessa é esta: Por esse tempo, virei, e Sara terá um filho. E não ela somente, mas também Rebeca, ao conceber de um só, Isaque, nosso pai. E ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal (para que o propósito de Deus, quanto à eleição, prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama), já fora dito a ela: O mais velho será servo do mais moço. Como está escrito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú. Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. Porque a Escritura diz a Faraó: Para isto mesmo te levantei, para mostrar em ti o meu poder e para que o meu nome seja anunciado por toda a terra. Logo, tem ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem lhe apraz. Tu, porém, me dirás: De que se queixa ele ainda? Pois quem jamais resistiu à sua vontade? Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra? Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, preparados para a perdição, a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que para glória preparou de antemão, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? (Romanos 9:1-24)
PENSAMENTO: A palavra de Deus comprova que existem dois tipos de pessoas, dois tipos de sementes, duas descendências opostas: os filhos de Deus e os filhos do diabo, os que são predestinados para a salvação e os destinados para a perdição.
Só dá para crer em predestinação se crermos que existem duas sementes. O inimigo se revolta com isso porque vai contra a mentira que ele pregou nas igrejas dizendo que todos são iguais perante Deus e que todos têm direito à salvação. A Bíblia fala em duas descendências: a de Deus e a do diabo, o trigo e o joio, a ovelha e o cabrito, Abel e Caim, o salvo e o ímpio, etc.
Há pessoas que não são da descendência da salvação; estas pessoas, muitas vezes, têm um aparente arrependimento, porque como a palavra de Deus chama a todos, às vezes alguns joios vem, alguns anticristos vem e se instalam na igreja, fazem amizades, cantam, batem palmas, dão ofertas, mas a Bíblia diz que eles nunca se convertem.
O justo vem porque Deus o chama, o traz; o joio vem por causa das suas necessidades e assim como vem, vira as costas a Deus como se nada tivesse acontecido. Quem é do Senhor, ninguém pode arrebatar de suas mãos.
Quem é semente da salvação recebe uma unção, um revestimento, um batismo, um selo, e haja o que houver, aconteça o que acontecer, ele jamais se afasta de Deus. Se não fosse assim estaríamos diante de um Deus impotente: por que ele salva o João e não salva o José?
Será que o homem, criatura de Deus, tem mais poder que Ele? “Tudo quanto Ele quis, Ele fez”, tudo quanto Ele quer Ele faz. Este é o Deus soberano, a sua vontade prevalece sobre a vontade de quem quer que seja! É importante sabermos que esta mensagem não é algo novo, mas aquilo que está na Bíblia e que esteve oculto ao longo dos anos e que aprouve a Deus revelar agora.
Neste ministério só se prega o que está na Bíblia Sagrada, porque esta é a única palavra que educa, que disciplina, que exorta, que admoesta e que nos dá o pleno conhecimento do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Há certos versículos que nós não podíamos entender, porque faltava luz, faltava o entendimento do que o versículo queria dizer, estava oculto, e agora Deus começa a ser rasgado o véu dos olhos para que possamos ver e entender a sua revelação.

1. Um lobo pode se vestir de ovelha, mas não pode se comportar como uma delas.
a) As ovelhas manifestam o fruto do Espírito.
Gl 5:22,23
“Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade,
mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.”
b) Quem produz esse comportamento é o Espírito.
Rm 8:5-9
“Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito.
Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz.
Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.
Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.”
c) O lobo não permanece.
I Jo 2:19
“Eles saíram de nosso meio; entretanto, não eram dos nossos; porque, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco; todavia, eles se foram para que ficasse manifesto que nenhum deles é dos nossos.”
Mt 12:33-37
“Ou fazei a árvore boa e o seu fruto bom ou a árvore má e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore.
Raça de víboras(2), como podeis falar coisas boas, sendo maus? Porque a boca fala do que está cheio o coração.
O homem bom tira do tesouro bom coisas boas; mas o homem mau do mau tesouro tira coisas más.
Digo-vos que de toda palavra frívola(3) que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo;
porque, pelas tuas palavras, serás justificado e, pelas tuas palavras, serás condenado.”
2. Era um plano de Deus fazer separação entre as duas sementes.
a) Deus promete fazer separação e inimizade.
Gn 3:15
“Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”
b) Deus adverte contra a infidelidade.
Ex 34:11-17
“Guarda o que eu te ordeno hoje: eis que lançarei fora da sua presença os amorreus, os cananeus, os heteus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus.
Abstém-te de fazer aliança com os moradores da terra para onde vais, para que te não sejam por cilada.
Mas derribareis(4) os seus altares, quebrareis as suas colunas e cortareis os seus postes-ídolos
(porque não adorarás outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; sim, Deus zeloso é ele);
para que não faças aliança com os moradores da terra; não suceda que, em se prostituindo eles com os deuses e lhes sacrificando, alguém te convide, e comas dos seus sacrifícios
e tomes mulheres das suas filhas para os teus filhos, e suas filhas, prostituindo-se com seus deuses, façam que também os teus filhos se prostituam com seus deuses.
Não farás para ti deuses fundidos.”
c) Não devemos fazer aliança com os filhos da perdição.
Dt 7:1-5
“Quando o SENHOR, teu Deus, te introduzir na terra a qual passas a possuir, e tiver lançado muitas nações de diante de ti, os heteus, e os girgaseus, e os amorreus, e os cananeus, e os ferezeus, e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e mais poderosas do que tu;
e o SENHOR, teu Deus, as tiver dado diante de ti, para as ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas;
nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações; não darás tuas filhas a seus filhos, nem tomarás suas filhas para teus filhos;
pois elas fariam desviar teus filhos de mim, para que servissem a outros deuses; e a ira do SENHOR se acenderia contra vós outros e depressa vos destruiria.
Porém assim lhes fareis: derribareis os seus altares, quebrareis as suas colunas, cortareis os seus postes-ídolos e queimareis as suas imagens de escultura.”
d) A semente da perdição sobrevive através de Cão.
Gn 9:25-27
“e disse: Maldito seja Canaã; seja servo dos servos a seus irmãos.
E ajuntou: Bendito seja o SENHOR, Deus de Sem; e Canaã lhe seja servo.
Engrandeça Deus a Jafé, e habite ele nas tendas de Sem; e Canaã lhe seja servo.”
e) Sodoma e Gomorra: cidades dos filhos da perdição.
Gn 10:19
“E o limite dos cananeus foi desde Sidom, indo para Gerar, até Gaza, indo para Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim, até Lasa.”
f) Homens maus e pecadores.
Gn 13:13
“Ora, os homens de Sodoma eram maus e grandes pecadores contra o SENHOR.”
g) Deus guarda a semente.
Gn 18:23-33
“E, aproximando-se a ele, disse: Destruirás o justo com o ímpio?
Se houver, porventura, cinqüenta justos na cidade, destruirás ainda assim e não pouparás o lugar por amor dos cinqüenta justos que nela se encontram?
Longe de ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio; longe de ti. Não fará justiça o Juiz de toda a terra?
Então, disse o SENHOR: Se eu achar em Sodoma cinqüenta justos dentro da cidade, pouparei a cidade toda por amor deles.
Disse mais Abraão: Eis que me atrevo a falar ao Senhor, eu que sou pó e cinza.
Na hipótese de faltarem cinco para cinqüenta justos, destruirás por isso toda a cidade? Ele respondeu: Não a destruirei se eu achar ali quarenta e cinco.
Disse-lhe ainda mais Abraão: E se, porventura, houver ali quarenta? Respondeu: Não o farei por amor dos quarenta.
Insistiu: Não se ire o Senhor, falarei ainda: Se houver, porventura, ali trinta? Respondeu o SENHOR: Não o farei se eu encontrar ali trinta.
Continuou Abraão: Eis que me atrevi a falar ao Senhor: Se, porventura, houver ali vinte? Respondeu o SENHOR: Não a destruirei por amor dos vinte.
Disse ainda Abraão: Não se ire o Senhor, se lhe falo somente mais esta vez: Se, porventura, houver ali dez? Respondeu o SENHOR: Não a destruirei por amor dos dez.
Tendo cessado de falar a Abraão, retirou-se o SENHOR; e Abraão voltou para o seu lugar.”
h) A semente é abençoada para sempre.
Gn 22:18
“nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz.”
i) Deus disse: não se casem com esta semente da perdição.
Gn 24:3
“para que eu te faça jurar pelo SENHOR, Deus do céu e da terra, que não tomarás esposa para meu filho das filhas dos cananeus, entre os quais habito;”
j) Deus disse: não tomem mulher dos cananeus.
Gn 28:1
“Isaque chamou a Jacó e, dando-lhe a sua bênção, lhe ordenou, dizendo: Não tomarás esposa dentre as filhas de Canaã.”
l) Esaú tomou esposa entre os cananeus.
Gn 36:2
“Esaú tomou por mulheres dentre as filhas de Canaã: Ada, filha de Elom, heteu; Oolibama, filha de Aná, filho de Zibeão, heveu;”
m) Deus faz ameaças contra os filisteus.
Sf 2:4-5
“Porque Gaza será desamparada, e Asquelom ficará deserta; Asdode, ao meio-dia, será expulsa, e Ecrom, desarraigada(5).
Ai dos que habitam no litoral, do povo dos quereítas! A palavra do SENHOR será contra vós outros, ó Canaã, terra dos filisteus, e eu vos farei destruir, até que não haja um morador sequer.”
3. Outros versículos que evidenciam as duas sementes.
Ef 2:2
“nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência;”
Mt 15:13
“Ele, porém, respondeu: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada.”
II Ts 2:3,4
“Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia(6) e seja revelado o homem da iniqüidade, o filho da perdição,
o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.”
Ap 20:15
“E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.”
Gn 18:23
“E, aproximando-se a ele, disse: Destruirás o justo com o ímpio?”
Gn 22:17,18
“que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos,
nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz.”
At 13:48
“Os gentios, ouvindo isto, regozijavam-se e glorificavam a palavra do Senhor, e creram todos os que haviam sido destinados para a vida eterna.”
II Ts 2:13
“Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados pelo Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade,”
Tt 1:1
“Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo, para promover a fé que é dos eleitos de Deus e o pleno conhecimento da verdade segundo a piedade,”
II Jo 1:10,11
“Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem lhe deis as boas-vindas.
Porquanto aquele que lhe dá boas-vindas faz-se cúmplice das suas obras más.”
PALAVRA FINAL: Nenhum filho do diabo se salvará, mas somente os filhos de Deus. “Quando eu estava com eles, guardava-os no teu nome, que me deste, e protegi-os, e nenhum deles se perdeu, exceto o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura.” (Jo 17:12)
(1) anátema:
Maldito, excomungado. Réprobo.
(2) víbora:
Réptil venenoso. Pessoa de muita má índole.
(3) frívola:
Leviana, vã, volúvel, fútil.
(4) derribareis:
Destruireis, colocareis a baixo. Demolireis.
(5) desarraigada:
Arrancada pela raiz. Extirpada.
(6) apostasia:
Deserção da fé. Abandono da doutrina.

Postar comentário