Nenhum comentátrio

Liberto do Império das Trevas

Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor. (Colossenses 1:13)

PENSAMENTO: A aparente e temporária derrota dos crentes é o produto do desconhecimento da posição em Cristo Jesus e das maquinações de Satanás.
1. Antes de Cristo.
a) Satanás acusava os filhos de Deus diante de Jeová.
Jó 1:6,12
“Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles.
Disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está em teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor.”
b) Seguíamos a corrente deste mundo.
Ef 2:2
“nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência;”2. Depois de Cristo.
a) Despojou principados e potestades e triunfou sobre eles.
Cl 2:14,15
“tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz;
e, despojando(1) os principados(2) e as potestades(3), publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.”
b) Destruiu o que tinha poder da morte.
Hb 2:14
“Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo,”
c) Foi expulso o acusador dos irmãos.
Ap 12:10
“Então, ouvi grande voz do céu, proclamando:
Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus.”
d) Tem guardado em trevas e algemas para o juízo final.
Jd 6
“e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia;”
II Pe 2:4
“Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo;”
3. Poderá um crente ser possuído por demônios se o Espírito Santo está nele?
a) Deus guarda e o maligno não toca.
I Jo 5:18
“Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o maligno não lhe toca(4).”
b) Já nos libertou do império das trevas.
Cl 1:13
“Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor.”
c) O valente bem armado tem os seus em segurança.
Lc 11:21
“Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todo os seus bens.”
4. O versículo: “Em meu nome expulsarão demônios” só se aplica para pessoas que não tem o Espírito Santo.
a) O espírito imundo sai do homem.
Mt 12:43,45
“Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos procurando repouso, porém não encontra.
Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem torna-se pior do que o primeiro. Assim também acontecerá a esta geração perversa.”
b) O endemoninhado Gadareno.
Lc 8:26-39
“Então, rumaram para a terra dos gerasenos, fronteira da Galiléia.
Logo ao desembarcar, veio da cidade ao seu encontro um homem possesso de demônios que, havia muito, não se vestia, nem habitava em casa alguma, porém vivia nos sepulcros.
E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando e dizendo em alta voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Rogo-te que não me atormentes.
Porque Jesus ordenava ao espírito imundo que saísse do homem, pois muitas vezes se apoderava dele. E, embora procurassem conservá-lo preso com cadeias e grilhões, tudo despedaçava e era impelido pelo demônio para o deserto.
Perguntou-lhe Jesus: Qual é o teu nome? Respondeu ele: Legião, porque tinham entrado nele muitos demônios.
Rogavam-lhe que não os mandasse sair para o abismo.
Ora, andava ali, pastando no monte, uma grande manada de porcos; rogaram-lhe que lhes permitisse entrar naqueles porcos. E Jesus o permitiu.
Tendo os demônios saído do homem, entraram nos porcos, e a manada precipitou-se despenhadeiro abaixo, para dentro do lago, e se afogou.
Os porqueiros, vendo o que acontecera, fugiram e foram anunciá-lo na cidade e pelos campos.
Então, saiu o povo para ver o que se passara, e foram ter com Jesus. De fato, acharam o homem de que saíram os demônios, vestido, em perfeito juízo, assentado aos pés de Jesus; e ficaram dominados de terror.
E algumas pessoas que tinham presenciado os fatos contaram-lhes também como fora salvo o endemoninhado.
Todo o povo da circunvizinhança dos gerasenos rogou-lhe que se retirasse deles, pois estavam possuídos de grande medo. E Jesus, tomando de novo o barco, voltou.
O homem de quem tinham saído os demônios rogou-lhe que o deixasse estar com ele; Jesus, porém, o despediu, dizendo:
Volta para casa e conta aos teus tudo o que Deus fez por ti. Então, foi ele anunciando por toda a cidade todas as cousas que Jesus lhe tinha feito.”
2. c) A moça que tinha espírito de adivinhação.
At 16:16,18
“Aconteceu que, indo nós para o lugar de oração, nos saiu ao encontro uma jovem possessa de espírito adivinhador, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores.
Isto se repetia por muitos dias. Então, Paulo, já indignado, voltando-se, disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, eu te mando; retira-te dela. E ele, na mesma hora, saiu.” Se Cristo já nos libertou das potestades do diabo, então qual é a luta, a batalha que o crente tem diariamente e em todo o lugar?
a) Cada um é tentado por sua própria concupiscência e cobiça.
Tg 1:13,14
“Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta.
Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça(5), quando esta o atrai e seduz.”
b) As guerras e contendas são dos prazeres da carne.
Tg 4:1
“De onde procedem guerras e contendas que há entre vós? De onde, senão dos prazeres que militam(6) na vossa carne?”
c) Fazei morrer a natureza terrena.
Cl 3:5
“Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva(7), desejo maligno e a avareza, que é idolatria;”
d) Paulo reduzia o corpo à escravidão.
I Co 9:24-27
“Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.
Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível.
Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar.
Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado.”
e) O espinho da carne de Paulo era a Lei do pecado.
II Co 12:1,7
“Se é necessário que me glorie, ainda que não convém, passarei às visões e revelações do Senhor.
E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne(8), mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte.”
f) Não ignoremos as maquinações de Satanás.
II Co 2:11
“para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios.”
6. Versículos mal interpretados pela religião.
a) Ef 6:10,16
“Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.
embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno.”
b) I Pe 5:6,9
“Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte.
resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.”
c) Tg 4:7
“Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”

PALAVRA FINAL: O crente está livre das potestades do diabo. Todavia, possui um corpo que quer humilhá-lo diariamente. Só com o conhecimento da Palavra de Graça poderemos identificar estas fortalezas em nossa mente e levá-las cativas (II Co 10: 3-5).
(1) despojar:
Desapossar. Despir.
(2) principados:
As hierarquias de anjos caídos, tendo Satanás como príncipe.
(3) potestades:
Poderes.
(4) não lhe toca:
Se não toca um filho de Deus, muito menos pode possuí-lo. Crente endemoninhado…??? Precisa ver se é crente mesmo ou se a carne não está falando mais alto que o Espírito.
(5) cobiça:
Ganância, ambição, desejo.
(6) militam:
Fazem guerras, lutas.
(7)paixão lascíva:
Desejo sensual.
(8) espinho na carne:
Paulo tinha, como todos nós, a lei do pecado em sua carne, e não, como muitos pregam, um problema na saúde, ou defeito na visão.

Postar comentário